As fases da adaptação para o currículo escolar bilíngue podem variar de aluno para aluno.

É perfeitamente natural que o processo de transição de um colégio regular para uma escola bilíngue demande uma certa flexibilidade por parte do aluno. Afinal, estamos falando de uma mudança na grade curricular, que impactará o dia a dia e moldará o aprendizado a partir daquele momento.

Os pais que chegam na escola bilíngue para conhecer o ambiente tendem a se surpreender. É realmente gratificante – e incrível – conhecer crianças pequenas utilizando o inglês com tanta facilidade e naturalidade, podendo imaginar o próprio filho desenvolvendo essa capacidade. E em uma escola internacional, essa é a realidade a ser buscada.

Mas, como preparar a criança para essa nova fase?

As fases da adaptação para o currículo escolar bilíngue 

Com novos professores e um novo ambiente, novos colegas a conhecer e experiências para ter, a criança já tem bastante preocupações em mente durante a transição de escolas. 

No caso de uma escola bilíngue, estamos falando da adição de um novo idioma. E não se trata de um processo tão superficial como o praticado pelas escolas de idiomas com apenas uma hora de aula semanal. O ensino bilíngue oferece uma carga horária diária considerável, onde a criança precisa desenvolver suas habilidades de comunicação em inglês.

Estou atrasado

Essa é uma das primeiras sensações que o aluno novo sentirá em relação a sua turma. Se a escola internacional lidar com alunos de diversas nacionalidades e diferentes níveis de fluência, é fácil para o aluno sentir-se deslocado.

Entrar no meio do ano letivo também gera essa sensação, e é completamente compreensível que a criança sinta-se um pouco fora do seu ambiente. Mas, promover a integração é tarefa dos pais, dos professores e também dos colegas de sala. É fundamental conscientizar a criança de que ela aprenderá com o tempo e que receberá todo o apoio necessário por parte da equipe docente, dos alunos e também o suporte em casa.

Incentivar a participação da criança em sala de aula e inserir elementos de cultura estrangeira no ambiente familiar também é indispensável, visto que isso reduz o choque da mudança e proporciona uma aprendizagem mais rápida.

Adaptação

Quando a criança começa a se adaptar, o processo é mais fácil. Ela vai se tornando cada vez mais ávida por novos conhecimentos e se esforça para ser “tão boa” quanto os colegas. É aí que os pais devem entrar em ação e incentivar a criança a adentrar no mundo do novo idioma. Videogames, brincadeiras, jogos de tabuleiro, livros infantis, músicas e outros conteúdos multimídia podem ser especialmente úteis durante essa fase de adaptação.

Superação

É o momento em que a criança passa a romper as poucas barreiras restantes no seu aprendizado e alcança as mais altas fases de adaptação para o currículo escolar bilíngue. Aqui, o aluno já está habituado com a nova rotina e pode lidar tranquilamente com o alto volume de informações que será transmitido durante o período letivo. É importante lembrar que as crianças têm mais facilidade em armazenar um grande número de informações, principalmente quando falamos sobre aprender um novo idioma. Essa fase é a chave para se tornar bilíngue sem dificuldades.

Com o tempo, o aluno aprenderá que não existem traduções, mas sim adaptações. Entenderá que o novo idioma não se trata apenas de falar, ler e escrever, mas viver uma cultura completamente nova e explorar horizontes de possibilidades que jamais imaginou!

É um processo delicioso e que traz muitas vantagens a curto e longo prazo. Abraçar novas culturas, entender e respeitar diferenças e compreender seu papel como um cidadão pensante desde cedo é fundamental para o desenvolvimento da criança como ser humano.

Portanto, os pais podem ficar tranquilos. Seus filhos estarão em boas mãos e aprenderão com todo o cuidado, atenção e carinho que necessitam.

Por que optar por uma escola bilíngue de renome?

Agora que você já conhece as fases de adaptação para o currículo escolar bilíngue, é preciso que saiba o porquê de ser tão importante optar por uma escola bilíngue de renome. 

Mudanças são sempre processos difíceis. O grau de dificuldade varia de pessoa para pessoa e quando falamos de crianças, estas apresentam uma tendência a superar desafios com surpreendente facilidade.

Contudo, é preciso respeitar o tempo da criança e possibilitar uma adaptação mais suave. Somente uma escola bilíngue com larga experiência pode reunir alunos transferidos de escolas regulares e novos ingressantes sem criar um ambiente que gere desconforto para os alunos. 

Com professores treinados, experientes e apaixonados pelo que fazem, as crianças perceberão a escola como uma extensão do lar. É um ambiente de aprendizado, mas também de criar relacionamentos com colegas e professores, um lugar onde a criança entende sua importância na comunidade onde vive e como fazer a diferença desde cedo sem deixar de lado a diversão, a descoberta, o jeito lúdico e inocente de enxergar o mundo.

É esse respeito pela criança, pela sua base de valores e pelo processo de aprendizagem, bem como pela composição curricular, que devem ser buscados pelos pais durante a procura por uma boa escola bilíngue. 

Somos uma escola internacional para crianças e jovens em São Paulo. Entre nossas especialidades estão a Educação Infantil Internacional e o Ensino Fundamental 1 Bilíngue, com tudo que seus filhos precisam para se desenvolverem, tal como aconteceria em uma escola regular, porém, com a adição da imersão em inglês. Nosso corpo docente é composto por profissionais altamente qualificados e prontos para auxiliar crianças e adolescentes em cada etapa do aprendizado.

Entre em contato conosco e comece já a preparar o futuro do seu filho com métodos internacionalmente consagrados.

Visite nossa escola e surpreenda-se. Na Tots & Teens o resultado começa no primeiro dia de aula. 

Um forte abraço, muito sucesso e até logo!


Cristina Müller

Cristina Müller

Diretora da Escola Tots & Teens, pedagoga por profissão e educadora por opção. Psicopedagoga e gestora escolar aficionada pela educação bilíngue, atualmente busca ajuda na neurociência para desvendar os mistérios de como o cérebro aprende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram